A Menor cobertura de gelo na Antártica

A camada de gelo na Antártica está diminuindo e neste ano bateram recorde mínimo desde que as medições por satélite começaram, em 1979.
Em 1º/03/17, a cobertura atingiu o nível mínimo, com 2,075 milhões de quilômetros quadrados, e, em 12/09/17, atingiu o nível máximo e o menor já registrado, de 18,013 milhões de quilômetros quadrados.
Para o grupo de pesquisas Antarctic Climate and Ecossystems, tanto a extensão da camada de gelo em torno da Antártica no mínimo durante o verão e no máximo no inverno bateram novos recordes mínimos.
Cientistas do mundo estão reunidos em Hobart, na Austrália, para debater as condições climáticas na Antártica e as condições de navegação na região.
Ao que parece, os novos recordes estão relacionados com as mudanças climáticas, mas ainda é cedo para isso afirmar. É preciso compreender os processos oceânicos e atmosféricos fundamentais que influenciam a variabilidade da cobertura de gelo na Antártica.
Há cerca de três anos, o nível máximo de cobertura no inverno superou os 20 milhões de quilômetros quadrados.